Os ultra ricos de novo e sempre

Fonte: https://exame.abril.com.br/economia/veja-em-uma-imagem-onde-moram-os-ultra-ricos-no-mundo/

Voltou a baila a questão dos ultra ricos durante a participação de Patrícia Vauquier no Duplo Expresso de 21 de janeiro de 2019 (Veja o vídeo abaixo). E acho que tem estreita conexão com a precarização do trabalho no mundo. Os aspecto do enfraquecimento do poder dos trabalhadores é fundamental para o prosseguimento da opressão acachapante que se vislumbra. Essa avalanche de desregulamentação do trabalho parece ser inexorável acontecimento. Os mais ricos e os já famosos 1% detendo cerca de 50% da riqueza mundial não vão deixar por menos no seu avanço voraz sobre o mundo.

Só uma destruição criativa ‘a la Shiva’ pode resolver o imbróglio.

Fonte: https://www.ecodebate.com.br/2013/06/28/as-desigualdades-na-distribuicao-mundial-da-renda-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

Nota:

Uma curva de Lorentz com a “barriga invertida seria mais do que utópico.

Do ponto de vista tecnológico a “uberizaçao do mundo” já é viável. A conseqüência: trabalhadores cada vez mais parcelares e sem poder. Organizados minimamente para o trabalho e nada para uma cada vez necessária contraposição ao sistema.

Mas a mesma tecnologia, provavelmente baseada em blockchain e smart contracts, permitirá também as ideias de participação democrática e controle dos representantes pelos representados, de forma autônoma e descentralizada, desenvolverem-se cada vez mais com o acesso que poderá ser dado às massas, sem que haja interferência de poderes centrais.

As tecnologias do blockchain, smart contracts e Dapp podem alavancar a realização da proposta dos partidos piratas de estabelecer uma possibilidade permanente de ‘recall’ dos representantes mal comportados. Uma espada de Dâmocles ameaçando permanentemente os representantes e desabando sobre os relapsos e mal-intencionados. O mandato estaria completamente nas mãos dos representados.

De qualquer forma mais inexorável é a necessidade de discutir as consequências deste “mundo novo” instável e cada vez mais incerto no porvir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s