Teoria da conspiração

fundopoc3a7o

[…] não só a verdade está no fundo de um poço, mas lá se encontra inteiramente nua, sem nenhum véu a cobrir-lhe o corpo, sequer as partes vergonhosas. No fundo do poço e nua.

Capitão de longo curso, Jorge Amado

Primeiro consiga audiência.

Para conseguir audiência use atitudes e disseminação de informações que seu público alvo espera.

As atitudes e informações não precisam ser efetivas ou provocativas de alterações da realidade importantes mas devem ser espetaculares no sentido de impressionar a platéia alvo.

Conseguida a audiência e a reputação “ilibada” agora é a hora de “deitar na cama”, feita a fama. Conquistada a fama de autoridade e bons propósitos diante da platéia (ou será patuléia) é hora da “pós-verdade”, esta filha da metafísica Verdade que está em todo lugar, obtendo-se o resultado de mobilizar a opinião pública na direção desejada.

O processo não é unidirecional e intenso ascultamento do feedback corrige os rumos. Unidirecional é a conspiração que nunca pode dar as caras porque violaria o seu próprio princípio.

Como a grande característica da conspiração é ser oculta e de bastidores, esta é sua grande arma, pode-se sempre acusar o acusador de conspiração já que não são facilmente visíveis seus rastros.

Esta é uma teoria da conspiração.

Não são as notícias que fazem o jornal, e sim o jornal que faz as notícias.

Número Zero, Umberto Eco

Teoria […] indica, na linguagem comum, uma ideia nascida com base em alguma hipótese, conjectura, especulação ou suposição, mesmo abstrata, sobre a realidade. Também designa o conhecimento descritivo puramente racional ou a forma de pensar e entender algum fenômeno a partir da observação.

Wikipedia

No vídeo abaixo Rui Pimenta ilustra bem como o anátema “teoria da conspiração” é brandido para reprimir suspeitas. Isto é uma teoria da conspiração? É claro que é. Mas teoria aqui é no sentido de algo que orienta a prática e interage com ela para sofisticar-se como instrumento de compreensão da realidade.

As “teorias da conspiração” com origem em documentação e pesquisa séria quando se tornam explícitas pelo desmascaramento ou vazamentos de informação são esquecidas como precursoras do esclarecimento.

O mundo dos “macacos sem rabo” é uma grande conspiração em curso. Conspiração é o cerne da civilização. Como nas “Memórias Encontradas numa Banheira” (Stanislaw Lem).

Mas até os primitivos conspiram. Em escala ínfima é claro. E localmente.

A civilização com suas tendências totalitárias precisa dominar tudo pois o ímpeto civilizatório é uma espécie de “cristianização” do mundo. E a revolta é dificultada pelo que é secreto e age ocultamente. E ao se proteger dos olhares também mistifica como o rótulo de “teoria da conspiração”. Como uma acusação dos realistas contra a imaginação “fértil”. Realistas que não querem o rei desnudado. Nem como uma moça nua no escuro. Ou talvez somente como uma moça nua no fundo do poço que podemos só imaginar como pode ser.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s