Geoge Carlin

b633995beabdf00eb15b9701e6d96266

Ridendo castigat mores.

George Carlin é mesmo excelente stand up comedy man. Claro que não sou eu que o digo pois o conheci recentemente. Assim como Nietzsche, parece portar um martelinho irônico, não uma marreta para destruir os ídolos (aqui as idéias estapafúrdias da humanidade), com que asculta para ver como devolve em som a sua vanidade. Se é oco, o que na maioria das vezes é, ou se é sólido, o que na maioria das vezes não é.

Assista o vídeo abaixo e depois se deixe levar pelo Youtube. É diversão garantida. E reflexão lúdica como sempre deveria ser. Nada de abdicar do humor, esta corrosiva arte de ridicularizar o ridículo, para ajudá-lo mesmo a se realizar como ridículo, explorar mais o seu potencial, como se se pudesse chover no molhado. E cuidado para não escorregar!

E Nietzsche seria também um bom comediante com uma tirada mais ou menos assim: “Um deus barbudo e ranzinza se disse único. E todos os deuses caíram na risada.” Ou algo como: “Eu só acreditaria num deus que pudesse dançar. E com passinhos leves. Talvez de bailarina. Talvez atabalhoado como um clown. Ah, aí eu poderia acreditar. Se tivesse muitos braços e acenasse em busca de minha atenção, como um shiva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s