Complô contra o Brasil

complo-contra-a-america

Phillip Roth escreveu o livro Complô contra a América onde, qual num labirinto de Borges, a história se bifurca na sua ficção e nos coloca, mesmo vivendo em uma das vias, espectadores de um plausível cenário de evolução da política nos EUA. para configurar um estado totalitário. O ovo da serpente nos EUA poderia ter eclodido facilmente bastando lembrar que uma das inspirações para o holocausto nazista foi fermentada na eugenia, uma teoria racista popularizada nos Estados Unidos.

charles-a-lindbergho3ot41f

13698208_69m5f

O Brasil encontra-se atualmente em uma situação de não ter uma escolha diante da bifurcação do atual labirinto político.

 

 

 

le_songe_de_la_raison

Michel Temer é o nosso Charles Lindbergh sem nunca ter sido um herói para os brasileiros.

minotaur-fantasy-monster

Temer e o grupo que representa poderá nos levar para uma Idade Média de escuridão num passo atrás assombroso para dentro do labirinto sem que nenhum fio de Ariadne nos possa guiar para a saída, mesmo que vençamos o Minotauro plantado nas profundezas.

screen-shot-2014-05-28-at-6-22-28-pm-655x419

Teremos que rolar a pedra, como Sísifo, montanha acima mais uma vez?

O Brasil está incluído na agenda neoliberal para a nova ordem mundial. A guerra híbrida é um de seus instrumentos.

tarsila1

 

 

 

 

 

 

 

 

E o componente principal é a manipulação dos corações e mentes. Principalmente da classe média que vem sofrendo o mantra encantantório da “mágica do mercado” e que se considera excluída do paraíso que não comporta, segundo ela, “a classe operária”. A sanha do lucro fácil já vem engendrando “marianas”, potencialmente uma tendência nefasta do desprezo ao meio ambiente. Qual um vício que não suporta um pulmão sem fumaça torna tóxico tudo que toca.

planet-2-600x400

 

 

 

 

 

 

 

Para complicar uma guerra nuclear, hipótese que parecia descartada pelo “fim da guerra fria”, parece não estar fora de questão atualmente segundo alguns analistas geopolíticos. Vislumbra-se “uma continuação da guerra híbrida por outros meios”. O culto à bomba, uma seita que não desapareceu, fará os vivos, se houver, invejarem os mortos.

o-macaco-e-a-essencia-um-futuro-distopico-na-percepcao-de-aldous-huxley-html

O culto à bomba talvez nos transforme em escravos de gorilas no curto prazo da barbárie que vai se instalar. Os darwinistas sociais, dos seus bunkers atômicos, comemorarão com o seu estoque de champanha.

contato

“O macaco é nossa essência!”, dirão fagueiros.

o-planeta-dos-macacos-1968-1

Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas oh não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroxima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A antirrosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada.

Vinicius

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s