Ethereum is a “world computer”

ethereum-1-e1415906203392

O que é Ethereum?

Ethereum, como qualquer sistema avançado, significará coisas diferentes para pessoas diferentes. Enquanto você lê esta seção, algumas partes podem não impressionar você ou até mesmo não fazer sentido. Tudo bem, pule para o próximo parágrafo e que esperamos que seja mais esclarecedor. Se você chegar ao final desta seção e ainda se sentir confuso, então vá até um fórum e comece a fazer perguntas.

Um Computador Mundial

“É muito possível que … uma máquina seria suficiente para resolver todos os problemas … de todo o [mundo]” – Sir Charles Darwin, 1946 *

Em um sentido técnico, Ethereum é um “Computador Mundial”. Voltando aos dias do mainframe, e provavelmente tão rápido quanto, Ethereum pode ser visto como um único computador que todo o mundo pode usar. Teoricamente tem apenas um único processador (sem multi-threading ou execução paralela), mas tanta memória quanto necessário. Qualquer pessoa pode fazer upload de programas para o Ethereum World Computer e qualquer um pode solicitar que um programa que foi carregado seja executado. Isso não significa que qualquer um pode solicitar a qualquer programa para fazer qualquer coisa; pelo contrário: o autor do programa pode especificar que as solicitações de qualquer um, exceto ele próprio, sejam ignoradas, por exemplo. Além disso, em um sentido muito forte, cada programa tem seu próprio armazenamento permanente que persiste entre execuções. Além disso, o Ethereum World Computer estará sempre lá: ele não pode sofrer um shutdown ou ser desligado.

Você pode perguntar, “por que alguém iria usar tal sistema?” e, novamente, há muitas razões. A principal razão é porque ele faz o que você quer fazer mais barato e mais fácil. Esta declaração deve ser detalhada um pouco, que é o que os seguintes parágrafos vão explorar.

Uma Plataforma de Serviços de Internet

“Tecnologia nos dá as facilidades que diminuem as barreiras de tempo e distância – o telégrafo eo cabo, o telefone, o rádio, e o resto.” – Emily Greene Balch

Em um sentido mais prático, Ethereum é uma plataforma de serviços de Internet para computação garantida. Mais do que isso, como uma plataforma, que fornece um conjunto de funções integrais que são muito úteis para o desenvolvedor:

  • autenticação de usuário, via integração de assinaturas criptográficas
  • lógica de pagamento totalmente personalizável; crie facilmente o seu próprio sistema de pagamento sem qualquer dependência de terceiros
  • 100% resistente a ddos (denial-of-service), garantido por ser uma plataforma baseada blockchain totalmente descentralizada
  • sem complicações de armazenamento: esqueça ter que criar bases de dados seguras; Ethereum dá-lhe o máximo de armazenamento que precisar
  • interoperabilidade definitiva: tudo no ecossistema do Ethereum pode trivialmente interagir com tudo o mais, de reputação a moedas personalizados
  • zona livre de servidor: o aplicativo inteiro pode ser implantado no blockchain significando que não há nenhuma necessidade de criação ou manutenção de servidores; deixe que seus usuários paguem o custo do uso do seu serviço.

Ao longo dos últimos vinte anos, em particular, vimos uma aceleração no desenvolvimento de serviços e infra-estrutura para tornar a sobrecarga de lidar com equipes ou com empresas mais simples e menos cara, principalmente graças à internet. Assim como eBay, Drivy e Airbnb fizeram a criação de uma loja, empresa de locação de carro ou hotel muito mais fácil. Estas são plataformas que permitem às pessoas implementarem suas ideias rapidamente, desde que o serviço que deseja fornecer se encaixe no modelo oferecido pela plataforma. Sem o Ethereum é muito custoso criar uma nova plataforma se aquelas que já existem não atendem às suas necessidades. Ethereum pode ser visto como uma plataforma para plataformas: ele permite que as pessoas facilmente criem a infra-estrutura para tornar fácil de configurar novos serviços na internet. Além disso, qualquer infra-estrutura criada em Ethereum fica lado a lado com as criações de todo mundo, e por isso pode interagir com essas outras plataformas de uma maneira garantida e sem costuras. Importante, porque não há uma empresa ou mesmo qualquer entidade responsável ou controlando o Ethereum, o custo de funcionamento da infra-estrutura não tem de incluir qualquer margem de lucro, por isso estamos propensos a ver custos mais baixos.

Com a vinda do Mix IDE e o Mist browser, a funcionalidade do Ethereum como uma plataforma de implementação para os serviços de internet vai se tornar mais clara. A mensagem para levar para casa a partir deste ponto, porém, é que Ethereum está prestes a perturbar indústrias tão diversas como as finanças e supply chains.

Contratos Sociais Opt-in

“Esta é uma época de organização” – Theodore Roosevelt de 1912 **

Em um nível mais abstrato, é uma facilidade para permitir a organização inteligente, no sentido de grupos de entidades que trabalham juntos por uma causa particular. No cenário mais simples, temos duas pessoas trabalhando em conjunto para alcançar um objetivo comercial. Em última instância, Ethereum poderia ser usada para governar países. Em grau menor existem grupos de pessoas que querem organizar círculos de baby-sitting, coletivos de produção de filmes, grupos de discussão, casas comunais, etc, e todos eles têm de decidir as regras com as quais eles vão operar juntos. Sem dúvida, a tarefa mais difícil é como implementar e fazer cumprir as regras, especialmente tendo em conta a variedade de personagens, habilidades e motivações que os seres humanos proporcionam. Em outras palavras, como você parar Jo monopolizando o equipamento de filmagem, ou Dave não cumprindo o seu turno no cuidado de crianças? Ethereum fornece uma plataforma na qual as regras podem ser definidas e, a um grau cada vez maior a medida que a tecnologia evolui, são reforçadas. Por exemplo, a câmera pode ser conectada ao blockchain e só gravar se o coletivo DApp de tomada de filme aprovar o código de acesso de Jo.

Crowdfunding é um exemplo-chave nas ferramentas organizacionais avançadas. Ele fornece algumas de funções muito importantes: uma maneira das pessoas trabalharem em conjunto para uma causa específica (neste caso dando um “maço de dinheiro” para uma pessoa ou grupo) e um mecanismo para que os indivíduos potencialmente interajam significativamente com  grandes empresas (como um estúdio de jogos). O primeiro decorre do disposto no parágrafo anterior, mas o segundo ponto é impressionante também, porque em geral os indivíduos só podem se comunicar com grandes organizações nos próprios termos da organização, que muitas vezes os “ignoram” como norma; da mesma forma que você ignora as bactérias em sua pele. Da forma que atualmente acontece, você pode estar descontente pelo destinatário do crowdfunding tomar o seu dinheiro e gastá-lo de uma forma inadequada e, portanto, ineficiente. No entanto, é difícil de obter da empresa que opera o crowdfunding  que aja em seu nome contra o beneficiário. Afinal de contas, o prestador de serviços crowdfunding é provável que seja uma grande empresa e não há um mecanismo universal com o qual você pode se comunicar significativamente com ele se ele não quer que você o faça. Ethereum pode ajudar, permitindo que você defina metas ou condições pós-financiamento para regular o pagamento do montante total captado, e em seguida aplicar essas condições para você. A medida que o tempo passar, vamos ser mais criativos nas formas em que Ethereum pode interagir com o mundo real e a capacidade de Ethereum em verificar se os marcos foram concluídos irá estender para além do óbvio, como “30% das pessoas que financiaram o projeto (por valor) votaram que o marco foi cumprido”.

Parte da Revolução da Descentralização

“Não importa quem você vota para, o governo sempre fica no poder” – The Dog Bonzo Doo-Dah Band, 1992

Filosoficamente, este é o próximo passo na re-descentralização da internet. Um sistema descentralizado é aquele que qualquer um pode unilateralmente aderir e participar, no qual todos os participantes contribuem para o funcionamento e manutenção, e na qual qualquer participante pode unilateralmente sair e quando o fazem, o sistema continua independentemente. Em um sistema descentralizado, não existe uma entidade que pode impedir a participação ou arbitrariamente censurar o conteúdo ou o uso. A internet foi concebida para ser descentralizada, mas a forma como é usada a tornou cada vez mais centralizada, até o ponto onde a censura e a exclusão são aceitas e esperadas. A tecnologia Blockchain, introduzida por Satoshi Nakamoto com a implementação de prova de conceito de um sistema de transferência de valores simples conhecido como bitcoin, representa o melhor sistema digital que temos (após a própria internet) para administrar interações multi-usuário, sem qualquer necessidade de uma coordenação centralizada ou supervisão. Efetivamente, um sistema descentralizado é a sua própria autoridade para fazer cumprir as regras (por exemplo, “você só pode gastar o seu dinheiro uma vez em bitcoin”, ou “qualquer regra que você programou no seu contrato inteligente (smart contract)” em Ethereum), de modo que os participantes podem ter certeza que o regras que eles esperam que sejam executadas o serão, sem qualquer perigo de corrupção, suborno, nepotismo, polarização política, exclusão, exceções arbitrárias, descuido humano ou ausência de pessoal.

Ethereum permite que as pessoas interajam com segurança sem precisar confiar ao celebrar acordos  exequiveis de forma neutra completamente peer-to-peer. Agora, deve-se lembrar que Ethereum só pode valer dentro de seus próprios limites digitais; O Ethereum não remove a necessidade de uma autoridade externa para julgamento devido a disputas fora do seu âmbito — “a outra parte me deu um soco na cara depois de colocar no contrato Ethereum que ele não iria fazê-lo” é non-sense, mas existem regras em outros lugares para cobrir estes casos — mas o que Ethereum faz é permitir-nos a ampliar o limite sobre o que o mundo digital pode cobrir.

 

Conclusão

Gavin Wood condensou a descrição do Ethereum como sendo uma coleção de estruturas de dados programáveis únicas não localizadas. O que isto significa vai depender de sua experiência, mas seja ela qual for, provavelmente vai ser melhor com Ethereum.

https://github.com/ethereum/wiki/wiki/What-is-Ethereum

Related:

Videos:

  • The Bitcoin and Blockchain Technology Explained

Anúncios

Uma resposta para “Ethereum is a “world computer”

  1. Pingback: Interplanetary File System | Crab Log

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s