Arquivo do mês: outubro 2015

Documenting your Project with Pillar

Pillar is a markup syntax and associated tools to write and generate documentation, books and presentations. Pillar is currently used to write the Enterprise Pharo book and other projects (see Section0.115.2). The Pillar screenshot below (see Figure 0.22) shows a part of the Voyage documentation generated by Pillar.

https://ci.inria.fr/pharo-contribution/job/EnterprisePharoBook/lastSuccessfulBuild/artifact/book-result/PillarChap/Pillar.html

Links relacionados:

Anúncios

Grammarly : Better Writing Made Easy

Grammarly makes you a better writer
by finding and correcting up to 10 times more
mistakes than your word processor.

https://www.grammarly.com/

SmallFBP: a Smalltalk framework for Flow-Based Programming – Part 6

filter

Ciência, arte e filosofia se vão fundindo tanto em mim que algum dia certamente vou parir um centauro – Nietzsche.

  1.  Introdução
  2. Flow-Base Programming
    1. Component
    2. Port
    3. Information Packet (IP)
    4. Connection
    5. Network
    6. Initial Information Packet (IIP)
  3. Exemplo: Filter
    1. Introdução
    2. OddFilter
    3. Numbers
    4. MaxNumberIIP
    5. Printer
    6. Dropper
    7. Filter GUI
  4. Portas automáticas
    1. Introdução
    2. Exemplo: Writer e Reader
    3. Usando displays com portas automáticas
    4. Usando portas automáticas no exemplo Filter
  5. Componentes compostos
    1. Introdução
    2. Subnet
    3. Composição
  6. Flow-Based Programming IDE
    1. Introdução
    2. Arquitetura
    3. Protótipo
  7. Flow-Based Programming IDE II
    1. Introdução
    2. Odd filter
  8. Flow-Based Programming IDE – III
    1. Introdução
    2. Writer e Reader

Flow-Based Programming IDE

Introdução

Flow-Based Programming remete automaticamente à ideia de programar visualmente. Um IDE (Integrated Development Environment) para isto é sempre bem vindo. A idéia principal é tornar o SmallFBP IDE uma extensão do IDE do Pharo Smalltalk.

Arquitetura

fbp-ide-architecture

Conforme mostra o esboço da arquitetura no diagrama acima um mediator cuidará de trafegar os eventos na GUI e no ambiente de programação mantendo total desacoplamento e sincronizando os dois modelos: o gráfico e os artefatos da programação. Graças à robusta metaprogramação do Smalltalk muitas facilidades para o desenvolvedor poderão ser embutidas no FBP IDE.

O desacoplamento citado pode alavancar a criação de código para definição de redes FBP em outras linguagens e frameworks FBP a partir da programação visual da rede FBP.

Protótipo

fbp-ide

Um protótipo inicial para a GUI do FBP IDE foi construído usando o Pharo Smalltalk Bloc, um framework ainda não muito documentado que propõe substituir o Morphic.

A criação da representação gráfica dos componentes e portas bem como as reações aos gestos como o mouse para criar as conexões estão funcionando. Melhorias no futuro serão implementadas a medida que entender melhor como usar a biblioteca Bloc e com a introdução do Brick.

Veja o vídeo.

Nada como o tempo (ou, quem ri por último…)

O ano era 1973. O Dr. Robert Atkins havia publicado seu livro há apenas 1 ano, mas já tinha vendido mais de 1 milhão de cópias. Foi chamado a se explicar perante o mesmo comitê do Senado americano que viria posteriormente a nos brindar com os “Objetivos Dietéticos para os Americanos”, que redundaram na pirâmide alimentar. O Senador Charles Percy, do estado do Illinois, disparou, dedo em riste: “a dieta Atkins é bobagem!”, “seu autor deveria ser acusado de erro médico!”.

A resposta de Robert Atkins, reproduzida no início da postagem, foi “É incrível que nos EUA, no século 20, um médico consciencioso acabe por colocar na reta a sua reputação, duramente construída, apenas por OUSAR sugerir que uma vítima de obesidade possa obter algum alívio ao cortar açúcares e amido

Infelizmente, o Dr. Atkins não está mais entre nós (escorregou no gelo e bateu a cabeça em 2003), mas há certa justiça poética na reportagem abaixo, publicada na revista New Yorker.

Afinal, quem está sendo duramente questionado pelo Congresso americano, dessa vez, não é um médico que “ousou” sugerir que a restrição de carboidratos possa ajudar pessoas obesas, e sim os representantes das organizações que deixaram de lhe dar ouvidos há 40 anos. Isso mesmo. As duas pessoas na foto abaixo, tendo que dar explicações, são o Secretário da Agricultura e a Secretária da Saúde dos EUA. Se Atkins estivesse vivo, estaria sorrindo, como na foto acima. Nada como o tempo…

Blog do Dr. Souto

RoarVM – a manycore Smalltalk Virtual Machine

https://github.com/smarr/RoarVM

Links relacionados:

Restaurant Week 2015 | 13ª edição | Rio de Janeiro

Rio de Janeiro 13ª Edição
Período: 28.09 a 18.10

http://restaurantweek.com.br/evento/rio-de-janeiro

Railway oriented programming