Carne tremula

Acabo de assistir o filme do Almodóvar. Vendo os créditos no final fiquei curioso sobre o livro em que se baseou a história. A autora de livros policiais Ruth Rendell é bastante incensada no artigo Livro Policial: De Boileau-Narcejac a Ruth Rendell, um gênero entre a nobreza e a avacalhação, escrito por Chico Lopes. Achei o que parece ser o mesmo artigo em A carne latejante de Ruth Rendell. Chico Lopes esclarece a qualidade das histórias de Rendell aumentando meu interesse em ler seu livro “A carne tremula” e outros citados. Já estou avisado de que o livro foi adaptado livremente por Almodóvar e que parece ser superior ao filme, que não extraiu do thriller da Rendell todo o seu potencial. Hitchcock poderia ter adaptado melhor, segundo Chico Lopes. Lembrei-me do livro Delícias do Crime – História Social do Romance Policial, de Ernest Mandel ao me deparar com uma referência a uma espécie de catálogo francês do gênero policial: O romance policial, de Boileau-Narcejac.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s