Palestra: “Ving Tsun em sua extensão à vida cotidiana”

No sábado, 14 de dezembro de 2013 fui, das 10:00 às 12:00, assistir a Palestra “Ving Tsun em sua extensão à vida cotidiana”, ministrada pelo mestre de Ving Tsun pelo Mestre Leo Imamura. Gostei bastante da abordagem bastante pragmática sem perder de vista os fundamentos e a sugestão de pensar a vida, como uma alternativa de reflexão, usando algumas das ferramentas conceituais do sistema Ving Tsun. O local foi o Salão Panorâmico do Hotel Windsor Plaza na Avenida Princesa Isabel. Fui a convite do Mestre Ricardo Queiroz que dirige o núcleo de Ving Tsun no centro e é discípulo direto do palestrante. O convite foi feito de forma amável quando visitei o núcleo na semana anterior ao evento. O Ving Tsun é uma arte marcial que entrou no “meu radar” desde os anos 90 quando um participante de um grupo de Tai Chi Chuan em Aracaju, do qual eu também era membro, mostrou um pouco do sistema. Gostei na época da objetividade do sistema pelo pouco que vi. Recentemente tive a grata surpresa de descobrir o núcleo no centro do Rio e estou planejando começar a participar em futuro breve.

No site Kung Fu Encantado achei um artigo bem interessante sobre o Ving Tsun do qual reproduzo alguns poucos trechos como iscas para atraí-lo para uma leitura na íntegra:

Ving Tsun é um sofisticado sistema de Arte Marcial Chinesa que se caracteriza pela versatilidade e adequação de seus métodos às necessidades específicas de cada praticante.
Considerada uma das artes marciais de maior prestígio em muitos países do mundo – é a Arte Marcial Chinesa mais praticada nos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Austrália e Hong Kong – suas características mais conhecidas são: comprovada eficácia em combate, rapidez de aprendizado e total ausência de movimentos complicados e floreados.

O Ving Tsun é estruturado como um sistema, pois é formado por um conjunto de elementos (objetivos e subjetivos) que possuem uma interdependência entre si, formado um todo organizado com o fim de alcançar determinada meta.
Nenhuma técnica isolada ou muitas técnicas desconexas (em chinês, no dialeto cantonês, chamamos de “San Sao”) constituem um sistema.
Toda ordenação das técnicas do Sistema Ving Tsun e a influência que cada uma exerce sobre a outra é regida pelo Princípio da Simplicidade. Em chinês, no dialeto Cantonês, chamado de “Tang Son”, onde “Tang” significa simples em quantidade e “Son” quer dizer puro em essência.
A simplicidade implica na visão sensata da vida. O praticante de Ving Tsun não é complicado, não é confuso, não se deixa impressionar com a ostentação e, acima de tudo, não está absorto no desejo de impressionar e de ser impostamente aceito.

É comum um artista marcial acreditar que deva treinar pelo menos 8 horas por dia para alcançar um excelente nível. Obviamente, são poucos os indivíduos que tem todo este tempo disponível na atualidade. Por este motivo, muitos se frustram acreditando que nunca irão alcançar um nível elevado de domínio da arte. Através da Vida-Kung Fu, mais importante que treinar 8 horas por dia numa academia, é praticar 24 horas por dia em todos os momentos da vida. Este é o ensinamento fundamental do Ving Tsun, a economia de tempo. Os praticantes de Ving Tsun são famosos por amadurecerem na arte muito cedo. Não é raro encontrarmos Mestres de Ving Tsun com menos de 30 anos e Grão-Mestres com menos de 50 anos de idade. Muitos acreditam que isto acontece porque o sistema é curto. Nada está mais longe da verdade.
O segredo não está em “quanto” uma pessoa treina, mas em “como” ela treina, e “com quem” ela treina. A Vida-Kung Fu irá trabalhar o seu ser como um todo. Através deste processo, o tempo pode ser multiplicado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s