Dieta Paleolítica – Parte 7

grok

Posts relacionados.

Maluquetes

Mas a história da dieta com alto índice de carboidratos é uma novela de infindáveis capítulos de horror. Lá atrás no tempo não havia esta ética “elaborada” que temos agora. De certa feita resolveram testar os efeitos de uma dieta pobre em carboidratos. Mas como controlar o que o grupo testado come? As pessoas facilmente fazem promessas sobre alimentação e também facilmente as descumprem. Afinal a vida é curta! Como fazer? Alguém deve ter tido uma brilhante idéia. Maluquetes! É claro! Num hospital de malucos é fácil impor o que eles comem. Afinal são malucos! Ninguém liga a mínima. O que uma dieta pode fazer de mal para eles que têm um mal muito maior. Só um arranhãozinho. Vamos lá então! Após um pouco de dieta aplicada um fato surpreendente chamou atenção dos pesquisadores. Os esquizofrênicos tiveram uma drástica redução nos seus delírios! Voltaram à dieta com alto índice de carboidratos e os delírios voltaram. Com mais investigação no futuro descobriram uma substância que agravava os delírios. Exorfinas. Contida no trigo (glútem) e no leite (caseína). E são neutralizadas pelo mesmos medicamentos para tratamento de viciados em morfina. Interessante não? Carboidratos com esta origem dão barato! Por isso você não consegue se livrar deles facilmente.

O meu LDL é maior que o seu

O LDL, famoso colesterol ruim, ainda tem muitas sutilezas. Além de ser calculado e não medido nos exames de sangue que você faz existem outras nuances. Experimente obter o valor do seu LDL subtraindo o valor do HDL e um quinto da medição dos seus triglicérides do colesterol total. Imagino que é calculado porque é mais econômico fazer assim do que medir. Mas a fórmula não vale para qualquer valor dos triglicérides.

Mas voltando às sutilezas anunciadas no início o mais interessante é que as partículas de colesterol podem ter tamanhos variados. Isto nunca me contaram. Descobri no livro Barriga de Trigo. As partículas menores e mais duras são mais suscetíveis de se fixarem nas suas artérias e formar ateromas. As grandes e macias não tem esta característica. Imagine as suas artérias cheias de rugosidades e reentrâncias onde partículas menores, como se fossem pequenas bilhas num plano cheio de búlicas, se alojam facilmente e tem dificuldade de sair. A partículas grandes e macias seriam como leves e grandes bolas de plásticos que resvalariam pelas búlicas sem cair nelas ou ficarem presas. Pois adivinhe o que causa a existência de partículas menores de colesterol no seu sangue.? Carboidratos! E a grandes e benéficas? Gordura!

Qual é mesmo a sua idade?

Até o momento, segundo William Davis no seu livro Barriga de Trigo, não há um marcador aceito amplamente para a idade biológica. Várias propostas envolvendo lesões por oxidação, detritos celulares, diminuição hormonal entre outras foram aventadas. Há também correntes que advogam a inexistência de um marcador simples para a idade biológica. Mas um candidato a marcador desponta, apesar disto, os AGE. A sigla em inglês para Advanced glycation end products  já sugere o processo de envelhecimento (aging) na sua grafia. Os AGE causam ateroesclerose, catarata e demência. Os AGE pelo menos são indicadores das degenerações típicas da velhice doentia. Os AGE são totalmente inúteis e poderiam ser inócuos se não ocupassem massivamente o lugar dos tecidos funcionais. Os AGEs podem vir do exterior, na alimentação, como podem ser gerados internamente induzidos por níveis altos de açúcar no sangue. Alimentos que causam picos de glicemia, tais como os carboidratos e açúcares, provocam a reação de glicação que gera os AGEs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s