Einstein velejador

 

O veleiro, o olhar distante, os passeios solitários no outono, o relativo silêncio – é o paraiso.

Albert Einstein, 1939

Veja também Albert Einstein’s “Tümmler”.

Fonte: Revista Velejar, número 39, página 20.

 

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s