Arquivo do mês: maio 2007

Magma

O banco de dados Magma, escrito em Squeak/Smalltalk, tem uma magnífica lista de features:

Anúncios

Instalando o Squeak e o Seaside no Mandriva – Parte 3

Para tentar resolver o problema da falta do arquivo SqueakV39.sources copiei os arquivos squeak-web-118.image e squeak-web-118.changes no mesmo diretório onde fica o arquivo SqueakV39.sources. O comando

squeak squeak-web-118.image

não retornou nenhum erro dessa feita.

Com a mensagem

WAKom startOn: 9090

iniciei o Seaside na porta 9090.

A url http://localhost:9090/seaside

fez aparecer o Dispatcher Browser.

Daqui em diante é recordar o uso do Smalltalk no ambiente do Squeak e aprender mais sobre o Seaside.

P.S.: Incluimos aqui a observação do Sebastian (para que apareça nos resultados de uma busca do blog) o código WAKomEncoded39 startOn:9090 que faz com que o padrão UTF-8 seja aplicado aos caracteres no browser e no Squeak.

GEB

GEB é uma sigla que representa um livro cujo título original é Gödel, Escher e Bach: A Eternal Golden Braid, de Douglas Richard Hofstadter. É um livro instigante e Luís Ramos faz um comentário bem legal sobre o mesmo. Infelizmente, as traduções do livro para o português estão esgotadas.

Procurando livros

Se você procura por um livro difícil ou que gostaria de encontrar num sebo ou mesmo no acervo particular de alguém existem serviços interessante na Web. O Blog da Estante veicula notícias sobre o portal Estante Virtual e cita também o site Livros Difíceis.

Continuar lendo

Instalando o Squeak e o Seaside no Mandriva – Parte 2

O comando inisqueak não existe. Algumas discussões na Internet citam um outro comando startsqueak como o correto. Este último também não existe. Em outros lugares da Internet afirmam que a listagem obtida com o comando man squeak estava errada quando indicava o procedimento envolvendo o inisqueak. Executei então o comando squeak sem nenhum argumento. Veja abaixo o resultado:

Could not open the Squeak image file `squeak.image'.

There are three ways to open a Squeak image file. You can:
1. Put copies of the default image and changes files in this directory.
2. Put the name of the image file on the command line when you
run squeak (use the `-help' option for more information).
3. Set the environment variable SQUEAK_IMAGE to the name of the image
that you want to use by default.

For more information, type: `man squeak' (without the quote characters).

Optei então por mudar para o diretorio onde estavam os arquivos Squeak3.9-final-7067.changes e Squeak3.9-final-7067.image e usar o comando:

squeak Squeak3.9-final-7067.image

e deu tudo certo.

Baixei a imagem do Seaside na versão de desenvolvimento (squeak-web-118.zip) e executei o comando

squeak squeak-web-118.image

e deu um erro dando falta do arquivo SqueakV39.sources.

Veja a parte 3.

The Eleven Project

Não ouvi mais nada sobre a aparentemente promissora linguagem do Eleven.

Bleep bleep argh!

Widson, do Dragão da Garagem, terminou recentemente de publicar O Guia Cético para assistir a “What the Bleep do We Know?” – Parte 3. Muito divertido e imperdível.

Veja também o interessante artigo Distorções quânticas de Rafael Delerue. A senha para obter o arquivo é Adrena. Ou então leia o post.