Lacan e a matemática

Certa vez um amigo, professor de matemática, deu uma palestra sobre Lacan. Fiquei intrigado na época pela sua incursão na área de psicologia. Ele me explicou que Lacan usava a matemática nos seus trabalhos. Nunca li Lacan mas me lembrei desse episódio quando estava lendo um trecho do livro de Richard Dawkins, O capelão do Diabo. Dawkins, em seu livro, num dos seus ataques ao textos pós-modernistas, considerados por ele ridículos principalmente quando tomam conceitos emprestados da ciência e os distorcem ou usam de forma incorreta, cita um trecho de Lacan. Como nunca tive contato com a obra de Lacan não soube confirmar de imediato se o uso da matemática na obra dele é feito da mesma forma que no exemplo dado por Dawkins. Pretendo ler Lacan para verificar, posteriormente. O texto que Dawkins cita é o seguinte:

“Assim, calculando-se a significação segundo o método algébrico que utilizamos aqui, a saber: S (significante) / s (significado) = s (o enunciado) Com S = (-1), tem-se: s = raiz_quadrada(-1)”

Depois, segundo Dawkins, Lacan chega à conclusão de que o órgão erétil:

“é igualável a raiz_quadrada(-1) da significação produzida acima, do gozo que ele restitui pelo coeficiente de seu enunciado à função de significante (-1)”

Na época em que a palestra sobre Lacan foi dada fiquei com vontade de lê-lo. Infelizmente ainda não o fiz. Mas se for verdade a opinião de Dawkins a obra de Lacan vai me parecer estranha. Parece um texto do Universo em Desencanto.

Curiosamente Dawkins também cita um site na Internet que gera textos pós-modernistas de forma aleatória e com a mesma “coerência” que alguns textos reais. Veja em http://www.elsewhere.org/cgi-bin/postmodern

Dawkins também cita um impostura de autoria de Alan D. Sokal remetida como artigo para a publicação Social Text. Encontrei a tradução de tal artigo em

EXPERIMENTO DE UM FÍSICO COM ESTUDOS CULTURAIS

P.S. Encontrei uma referência desairosa a Lacan em charlacanismo. Parece haver uma séria contenda com algumas afirmações de Lacan. Preciso lê-lo para tirar as minhas dúvidas.

Ver também uma resenha do livro ‘Imposturas Intelectuais onde os autores (Sokal e Bricmont) explicam que não discutem o mérito das teorias no âmbito de cada especialidade mas a importação non-sense de argumentação científica ou pseudo-científica e incorreções.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s